Missão Eu Estou Vivo - Bem vindo

Missão Eu Estou Vivo   


 


Estejamos em peregrinação de amor e esperança :  Nas igrejas, nos hospitais,
nas escolas, nas famílias, nas comunidades religiosas.  Bem vindo !


Testimunhos A Cruz Missionária «Eu estou vivo»
une um casal em dificuldade.

No final do ano 2002 e no princípio do ano 2003, um casal de Aylmer com duas crianças, uma filha de 19 anos e um filho de 10 anos, vivia uma dolorosa separação. O esposo tinha deixado o lar familial e estava vivendo com uma nova companhia. Uma pessoa que tinha em sua casa a Cruz Missionária «Eu estou vivo», propôs à senhora em sofrimento de lhe emprestar aquela cruz, bem como de acompanhá-la num caminho de intensa oração e de frequência dos sacramentos.

Após ter visto a cruz, a senhora imediatamente a ama e raramente viu um Jesus assim autêntico. A senhora aceita fazer aquela caminhada. Após ter conservado a cruz durante algumas semanas, de ter rezado diante dela, de ter voltado à Missa, de ter recebido a comunhão e o sacramento da reconciliação, de ter feito diversas novenas, a situação se agravou e parecia sem esperança.

Tudo parecia perdido e a senhora estava à beira do desencorajamento. Mas a cruz deu à senhora a perseverança naquilo que ela tinha começado. Por volta do final do ano 2003, o seu esposo volta a casa pedindo perdão à esposa por lhe ter feito sofrer tanto. Glória a Jesus crucificado!

Testemunho recolhido por Nicole Laflèche
Responsável pela cruz missionária «Eu estou vivo», Gatineau (Québec)

Se desejais deixar-nos o vosso testemunho, clicai aqui.